DIA DO GEÓGRAFO - 29 DE MAIO - HISTÓRIA DA GEOGRAFIA - MAPA BRASIL REGIÕES ESTADOS

A superfície da Terra é a camada do planeta de contato e inter-relacionamento entre a atmosfera, biosfera, hidrosfera e litosfera. Esta camada permite, através de seu equilíbrio natural, o surgimento de minerais, água, solos diferentes, vida animal, vida vegetal e uma série quase infinita de outros acontecimentos que tendem a mudar com o tempo. É de essencial importância para a Geografia o estudo destes fenômenos no espaço, no tempo, seu inter-relacionamento e agrupamento em padrões e funções.

A palavra Geografia é resultante da junção dos radicais gregos "geo" e "graphos", significando respectivamente Terra e escrever. Geografia é, portanto, o estudo científico da superfície da Terra, com o objetivo de descrever e analisar a variação espacial de fenômenos físicos, biológicos e humanos que acontecem na superfície do globo terrestre.

História da Geografia

A Geografia é considerada por muitos autores uma das mais antigas disciplinas acadêmicas e, inicialmente, foi chamada de história natural ou filosofia natural. Ela percorreu um grande e rico caminho até se tornar uma especialidade. No Brasil, por exemplo, a Geografia só começou a ser lecionada oficialmente em Instituições de Ensino Superior após a Revolução de 30, com a criação de Cursos Superiores de Geografia e História, nas Faculdades de Filosofia, e nos Cursos de Administração e Finanças.

O estudo da superfície da Terra surgiu na Grécia antiga e, tempos depois, ficou esquecido, ressurgindo após séculos com o Renascimento e os grandes exploradores dos séculos XIV e XV. Grande parte do mundo ocidental conhecido era dominada pelos gregos, em especial o leste do Mediterrâneo. Sempre interessados em descobrir novos territórios de domínio e atuação comercial, era fundamental que conhecessem o ambiente físico e os fenômenos naturais.


No mundo moderno, cada vez mais dinâmico e complexo, a Geografia constitui um instrumento de grande valor para toda a sociedade. Quem pode comprovar isso é Milton Santos, um dos geógrafos de mais expressividade no Brasil. Ele enviou uma mensagem bem atual para os internautas que navegam pelo IBGE Teen refletirem sobre a amplitude dessa área do conhecimento:

"O papel da Geografia é explicar as relações que se estabelecem, ao longo da História, entre a humanidade, o Planeta e a constituição das paisagens e espaços resultantes".

Formação do Geógrafo

Atualmente, para a formação em Geografia, pode-se optar por alguns caminhos: a Licenciatura, o Bacharelado ou ambos. Escolhendo Licenciatura, atuará no ensino fundamental e médio. Optando pelo Bacharelado, poderá atuar como profissional geógrafo em empresas públicas e privadas, Prefeituras, Secretarias de Estado, por exemplo, ou também como autônomo. Em 1979, a profissão de geógrafo foi regulamentada (Lei no 6664); para exercê-la, é preciso ter bacharelado e registro no CREA.

O objeto de estudo da Geografia é - como nas demais ciências humanas - a sociedade e sua organização espacial, que é resultante das relações sociais que vão se desenvolvendo ao longo da história, transformando a natureza. A natureza, por sua vez, transformada pelo trabalho social, é detectada como um espaço geográfico.

O trabalho desenvolvido pelo geógrafo requer um conhecimento sólido da natureza, por meio do estudo dos aspectos que influem de forma direta no dia-a-dia das sociedades e em sua organização espacial, suas inter-relações, bem como um conhecimento apurado dos aspectos estruturais da sociedade e de como ela se apropria da natureza.

O geógrafo pode atuar como professor do ensino fundamental ou ensino médio e, se tiver pós-graduação, poderá trabalhar em universidades como professor/pesquisador. Além disso, o mercado de trabalho foi ampliado devido à necessidade desse profissional nos planos diretores do município, nas comissões de meio-ambiente, sem falar que os problemas urbanos e as mudanças no espaço mundial vêm solicitando a presença de geógrafos em cursos, palestras, debates e outros eventos. Estudar os aspectos físicos da Terra, analisar dados sociais e econômicos de uma população, estudar os ecossistemas, prevenir impactos ambientais e levantar informações sobre solo, relevo, recursos hídricos, vegetação, clima são outras possibilidades de atuação do geógrafo.

Palavra de Geógrafos

"Em tempos de globalização, a Geografia ganha extraordinária relevância, especialmente por estar atenta em analisar os fenômenos e conflitos, cujo reflexo resulta em novas configurações espaciais e transcende as fronteiras nacionais. Nesse contexto, a profissão de geógrafo se reveste de uma importância ímpar e atravessa um de seus melhores momentos. A temática abordada atualmente pela Geografia permite a esse profissional, ao trabalhar com diferentes escalas, ter uma visão privilegiada da situação local, regional e global, além de possibilitar uma melhor compreensão da realidade mundial. Geógrafo, parabéns pelo seu dia!" Ivane Inêz Piaia - Professora do Curso de Estatística da Universidade de Cuiabá - UNIC/MT.

"No contexto atual, a Geografia é oferecida à luz do campo social, que envolve a natureza na medida em que o homem, vivendo em sociedade, se apropria da natureza de acordo com seu estágio de conhecimento e de desenvolvimento socioeconômico e nas particularidades do meio em que vive. Assim, o conhecimento do espaço geográfico engloba preocupações singulares: o entendimento da dinâmica social, que cria e organiza o espaço e a compreensão da dinâmica da natureza pelas comunidades humanas em seus processos complexos de transformação social. Pretende-se com essa nova abordagem da geografia que ela seja condizente com os compromissos que a mesma assume com a sociedade moderna em especial. Os atores da natureza não estão apenas nos livros e nos mapas, eles são observados, interpretados e compreendidos no espaço vivido e reconstruído pela atividade humana." Maria do Rosário de Oliveira - Coordenadora do Curso de Geografia da Universidade Federal de Alagoas - UFAL.

"A complexidade atual do planeta acentua a importância da contribuição das matrizes do pensamento geográfico para a análise e busca de solução de problemas da organização do espaço. Tratam-se da diversidade das formas de produção e gestão do espaço associados a globalização e das novas relações com a natureza e com os recursos econômicos exigidos pela crise ambiental. Tais processos, em curso no Brasil, abrem amplas perspectivas para a pesquisa e a pratica dos geógrafos." Bertha Becker - Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro -UFRJ.

 Para saber mais sobre geografia, acesse os links abaixo:

Curso de Geografia da Universidade Federal do Paraná
Departamento de Geografia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro
O que é Geografia
Curso de Geografia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC

Fonte: IBGE

Para receber atualizações das matérias:
Digite seu e-mail:


FeedBurner
Você receberá um e-mail de confirmação, é só seguir o link e confirmar.

Nenhum comentário :

Topo