DIA DO MUSEU - 18 DE MAIO

.
Ao contrário do que muitos pensam, quando entramos em um museu, não estamos entrando em um espaço de coisa velha e mofo. Estamos, isto sim, adentrando em uma verdadeira máquina do tempo, a nos proporcionar uma viagem pelos séculos de um mundo e de uma humanidade, que sequer sonhávamos existir, porque sequer existíamos. Se não fossem os museus, jamais teríamos a oportunidade de ver, por exemplo, o compasso geométrico de Galileu Galilei, conservado, nos dias atuais, no Castello Sforzesco, em Milão.

A contribuição dos museus

Como contribuição única na preservação da história, os museus, através dos anos, guardam os objetos que foram utilizados, inventados ou descobertos pelo homem ao longo de sua existência.

No caso das cidades ou locais preservados como patrimônio histórico e cultural, a própria arquitetura utilizada nas construções de moradias adquire, com o peso do tempo, uma dimensão de arte a ser preservada. E também cultuada.

Não fosse o trabalho de exposição, imagine os seres dos quais jamais poderíamos tomar conhecimento, em museus de história natural, dos esqueletos de animais pré-históricos... Sem dúvida uma fascinante viagem no tempo é o que os museus, em geral, costumam nos proporcionar.

Isto porque tudo o que pode ser visto nos museus representa, na verdade, as riquezas naturais e culturais do mundo.

Os museus naturais

Engana-se quem pensa que um museu precisa ser obrigatoriamente um lugar com porta de entrada e objetos ou quadros expostos sob determinada luz e ambiente. Após a criação pela UNESCO, em 1972, da Convenção do Patrimônio Mundial, isto perde um pouco o sentido ou, pelo menos, um sentido que deveria ser revisto.

Com a Convenção, pretende-se incentivar a preservação de bens culturais e naturais, avaliados como marcos estéticos da humanidade. Valorizam-se cidades ou locais que, além de serem referência histórica e de identidade das nações nas quais se situam, podem ser concebidos como um patrimônio mundial.

A preservação desses lugares fica a cargo do seu país de origem, que recebe o apoio da UNESCO nas atividades de proteção, pesquisa e divulgação.

Há dezessete locais no Brasil, considerados como patrimônio de todos os povos: Ouro Preto (Minas Gerais); Olinda (Pernambuco); São Miguel das Missões (Rio Grande do Sul); Salvador (Bahia); Congonhas do Campo (Minas Gerais); Parque Nacional de Iguaçu (Paraná); Brasília (Distrito Federal); Parque Nacional Serra da Capivara (Piauí); Centro Histórico de São Luís (Maranhão), Diamantina (Minas Gerais), Pantanal Matogrossense (Mato Grosso do Sul), Parque Nacional do Jaú (Amazonas), Costa do descobrimento (sul da Bahia e norte do Espírito Santo), Mata Atlântica do Sudeste (da Serra da Juréia, em São Paulo, até a Ilha do Mel, no Paraná), Parque Nacional das Emas e Parque Nacional Chapada dos Veadeiros (Goiás), Centro de Goiás (Goiás) e Reservas de Fernando de Noronha e Atol das Rocas (Pernambuco e Rio Grande do Norte).

Museu do Vaticano

Abaixo, vários links para conhecermos alguns museus no Brasil e no mundo:

MAC - Museu de Arte Contemporânea - São Paulo
MAM RJ - Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro
MAM SP - Museu de Arte Moderna de São Paulo
MAP - Museu da Pampulha - Belo Horizonte - MG
MASP - Museu de Arte de São Paulo
MIS - Museu da Imagem e do Som
Museu da República
Museu do Índio
Museu Imperial
Museu Histórico Nacional
Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG)
Metropolitan Museum of New York (EUA)
Museu do Prado (Espanha)
Museu Nacional de Escultura (Espanha)
MOMA - Museum of Modern Art- New York (EUA)
Guggenheim Museum of Art-NY (EUA)
Museu do Louvre (França)
Museu Bauhaus (Alemanha)
Institut du Monde Arabe - Arab World Institute (França)
Museu da Cidade do México (México)
Museu Nacional de História Natural (Chile)
Museu Picasso (Espanha)
Museo Di Storia Contemporanea (Itália)



.

Nenhum comentário :

Topo