21 DE MARÇO - DIA MUNDIAL DA FLORESTA

.
Grande parte da nossa vegetação natural encontra-se hoje, em estado preocupante, reduzida a ecossistemas fragmentados, devido à expansão das áreas urbanizadas.

A exploração da terra tem modificado intensivamente a vegetação nativa de vários continentes, ao longo da história, à medida que muitas áreas foram desmatadas para a agricultura e a pastagem, esgotando o solo e refletindo implicações graves ao meio físico (desertificação e erosão), levando ao processo de extinção.


Acredita-se que muitas áreas compostas de remanescentes florestais apresentam formações vegetais secundárias. Faz-se necessário o desenvolvimento de programas de reflorestamento com implementação de ações que visam sensibilizar e estimular a conservação e restauração desses ecossistemas florestais.

Extremamente importantes para a manutenção e conservação da flora e da fauna, as florestas urbanas e rurais abrigam grande parte da riqueza biológica existente. Tratam-se de recursos naturais renováveis e compõem a base de sustentação do solo, ar e água, influindo diretamente na manutenção da qualidade destes recursos essenciais à vida.

As florestas nos propiciam:

- Estabilização do clima,
- Proteção de nascentes e mananciais,
- Proteção contra erosão,
- Captação e armazenamento de água subterrânea,
- Purificação do ar,
- Lazer através do ecoturismo,
- Auto-sustentabilidade das comunidades,
- Estudos científicos.

Não podemos ignorar as peculiaridades específicas dos países em desenvolvimento, mas por outro lado, os recursos naturais precisam ser ecologicamente preservados igualmente, do mesmo modo que precisam ser utilizados para o progresso de cada país.

Início das comemorações

A comemoração oficial do Dia da Árvore teve lugar pela primeira vez no estado norte-americano do Nebraska, em 1872. John Stirling Morton conseguiu induzir toda a população a consagrar um dia no ano à plantação ordenada de diversas árvores para resolver o problema da escassez de material lenhoso.

A Festa da Árvore rapidamente se expandiu a quase todos os países do mundo, e em Portugal comemorou-se pala primeira vez a 9 de Março de 1913.

Em 1971 e na sequência de uma proposta da Confederação Europeia de Agricultores, que mereceu o melhor acolhimento da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), foi estabelecido o Dia Florestal Mundial com o objectivo de sensibilizar as populações para a importância da floresta na manutenção da vida na Terra.

Em 21 de Março de 1972 - início da Primavera no Hemisfério Norte - foi comemorado o primeiro DIA MUNDIAL DA FLORESTA em vários países.

Valioso recurso natural

As Florestas constituem um valioso recurso natural renovável gerador de múltiplos bens e serviços da maior relevância para o ambiente, para a economia e para a qualidade da vida dos cidadãos.

As suas funções ligadas ao recreio, lazer e turismo assumem importância crescente numa sociedade cada vez menos rural e mais urbana, em que os cidadãos vivem em espaços agressivos e artificiais.

As florestas constituem ainda, importantes patrimônios culturais, por sua história, pelas contribuições para a paisagem, pelo patrimônio arqueológico a que estão associadas, pela sua biodiversidade, por seu valor científico e pedagógico.

As árvores e as florestas com a sua beleza, diversidade e simbologia são, igualmente, fonte inesgotável de inspiração para o homem.

À procura de captar o "espírito da floresta", o homem assumiu as mais diversas expressões culturais na prosa, na poesia, na música, na pintura, na escultura ou na arquitetura.

Assiste-se hoje nas sociedades mais desenvolvidas, a valorização crescente das funções culturais, ambientais e recreativas das florestas.

As florestas atuais resultam de um longo processo evolutivo de milhões de anos - evolução genética e alterações climáticas - mas desde que o homem surgiu há cerca de 1 milhão de anos, foi ele o grande agente transformador da área e da composição dos espaços florestais primitivos.

Além disso, as florestas constituem um dos principais reservatórios de oxigênio da biosfera, uma vez que, através da fotossíntese, transformam o gás carbônico em oxigênio, na presença da luz do sol.

Para receber atualizações das matérias:
Digite seu e-mail:


FeedBurner-Google
Você receberá um e-mail de confirmação, é só seguir o link e confirmar.

Nenhum comentário :

Topo