03/10/11

DIA DO IMIGRANTE - 01 DE DEZEMBRO (OU 25 DE JUNHO?)

.
Existem controvérsias quanto à verdadeira data em que se dá o Dia do Imigrante. Em alguns sites ou blogs, informa-se como sendo a data, dia 1 de dezembro. Em outros, diz-se o dia 25 de junho como sendo o Dia do Imigrante.

Acredito haver forte motivo para que seja comemorado dia 25 de junho, por se tratar do encerramento da Semana da Imigração Japonesa, que se inicia em 18 de junho...

A Lei

Instituído no Brasil em 1957 através da lei 30.128, o Dia do Imigrante é comemorado no dia 25 de junho, quando se encerra a semana das festividades iniciadas em 18 de junho, com o Dia da Imigração Japonesa.

Em todo o mundo a imigração sempre aconteceu e continuará acontecendo, principalmente após a globalização, onde as pessoas podem se comunicar via Internet ou satélite, com outras pessoas de lugares distantes.

Imigrante - Significado

Imigrante é a pessoa que mora em um país diferente daquele em que nasceu. A imigração ocorreu por vários motivos, dentre os quais a falta de perspectiva do individuo em sua própria nação, espírito de aventura, guerras, razões políticas, estudo etc.

Quando o Brasil se tornou independente de Portugal, em 1822, já era um país muito extenso, mas pouco povoado. Era preciso ocupá-lo de fato, isto com sua própria gente, e dessa maneira garantir as fronteiras. Por esse motivo, uma das medidas do governo brasileiro foi incentivar a vinda de imigrantes europeus. Eles contribuíram para o desenvolvimento de uma vasta área do país.

Embora, os portugueses tenham sido antes de tudo nossos colonizadores, eles vieram como imigrantes para o Brasil em 1853. Ao chegarem se estabeleceram em São Paulo, principalmente, nas fazendas de café. Mas depois, ampliaram suas atividades no interior do país, abrindo pequenos negócios como padarias, mercearias e serralherias etc.

Na região Sul, italianos, alemães, poloneses e ucranianos, entre outros, povoaram as áreas serranas e os vales dos rios. Esse movimento, iniciou em meados do século dezenove e se estendeu até as primeiras décadas do século vinte.

Ao longo de todo o século XIX, o Brasil também foi parada obrigatória de muitos cientistas e artistas europeus. Embora eles não viessem ao Brasil com o objetivo de viver aqui, mas apenas para conhecer e registrar a exuberância de plantas, animais e povos nativos, os cientistas e os artistas estrangeiros ajudaram a divulgar a imagem de nosso país na Europa.

Imigração - Italianos, japoneses e alemães

A presença italiana em terras brasileiras é mais antiga do que imaginamos. Uma das naus da esquadra de Pedro Álvares Cabral pertencia aos italianíssimos Marchioni. Em 1525, o navegador veneziano Sebastião Caboto ao chegar ao litoral sul brasileiro deu o nome de sua mulher, Catarina, àquela terra, hoje Santa Catarina.

Navio de imigrantes chegando ao Brasil

Os primeiros italianos começaram a chegar ao Brasil antes da unificação italiana em 1870. Com o fim do tráfico negreiro e a pressão para a abolição da escravatura, o governo brasileiro começou a incentivar a vinda de imigrantes europeus. A Itália, por sua vez, queria enviar o excedente populacional para fora do país. Assim, os dois países assinaram os acordos para a vinda de colonos italianos.

Entre 1884 e 1903, mais de um milhão de italianos chegaram ao nosso país. A maioria deles se estabeleceu em São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Os demais foram para o Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Em São Paulo, eles trabalhavam nas grandes fazendas de café, enquanto no Sul, recebiam pequenos lotes de terra, iniciando a colonização da Serra Gaúcha. Os que tinham ofícios urbanos, como gráficos e artesãos, ficaram nas cidades.

Os japoneses chegaram em 1908, quando o Japão enfrentava sérios problemas econômicos e sociais. O governo, para minimizar esse caos, facilitou a saída dos que queriam emigrar. O Brasil possibilitou a entrada desses imigrantes, tendo como principal motivo, a necessidade de mão-de-obra nas zonas agrícolas do país. Os detalhes dessa história você vai saber consultando 18 de junho, Dia da Imigração Japonesa.

Os alemães chegaram em 1924 e fundaram colônias, como as de São Leopoldo (RS), Rio Negro (PR) e São Pedro de Alcântara (SC). Em Santa Catarina, ergueram ainda Joinville, Blumenau e Brusque. Os poloneses, russos e ucranianos também espalharam suas colônias pela região sul do país.

Influências

Ainda hoje, na região Sul, a atividade econômica mais importante e que emprega mais pessoas é a agricultura. Foram os imigrantes que difundiram a pequena propriedade, a policultura, o trabalho familiar, o cultivo de uva e a mentalidade empresarial. Além de influenciar na nossa língua, na arquitetura, nos costumes contribuíram para a formação do povo brasileiro, através da miscigenação.

Para receber atualizações das matérias:
Digite seu e-mail:


FeedBurner-Google
Você receberá um e-mail de confirmação, é só seguir o link e confirmar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Analytics