06/10/11

DIA DAS RELAÇÕES PÚBLICAS - 02 DE DEZEMBRO - Origem - Autor - A Lei

.
Para promover uma boa imagem da empresa ou do órgão em que trabalha, o relações públicas deve criar artigos, sugestões de pauta e divulgar material para a imprensa, sempre se preocupando com a veracidade das informações passadas.

O relações públicas rastreia o noticiário verificar alguma matéria ou reportagem que foi pautada pelas informações que ele passou da empresa. Assim, o relações públicas produz relatórios de visibilidade da empresa na imprensa.

É responsabilidade desse profissional formular políticas de administração de crises. Qualquer problema que a empresa venha a ter com a sociedade deve ser “tratado” pelo relações públicas, de maneira que a empresa se desculpe pelo transtorno e amenize as conseqüências disso para sua imagem.

O Dia das Relações Públicas

A criação do “Dia Nacional das Relações Públicas” nasceu dentro da Associação Brasileira de Relações Públicas por iniciativa do professor Cândido Teobaldo de Souza Andrade.

O tema, juntamente com a eleição do engenheiro Eduardo Pinheiro Lobo como Patrono das Relações Públicas, foi debatido no congresso da ABRP de 1976, realizado em Alagoas, nas cidades de Maceió e Penedo, terra natal de Pinheiro Lobo.

Eduardo Pinheiro Lobo, nasceu em 02/12/1914, por isso denominou-se o dia nacional das relações públicas, por ter sido um grande colaborador para a Associação Brasileira de Relações Públicas

A Lei

Lei 7197 - institui o Dia Nacional das Relações Públicas:

Art. 1º - Fica instituído o dia dois de dezembro como o "Dia Nacional das Relações Públicas".

Art. 2º - Na data estabelecida no artigo anterior, as associações e entidades ligadas à atividade de relações públicas farão, em todo o País, promoções que de qualquer modo assinalem e festejem o transcurso da efeméride

Relações Públicas

- Interessante observar que a iniciativa de se criar esse dia aconteceu no limiar da redemocratização do País, o que prova a perspicácia e a preocupação dos dirigentes da Associação Brasileira de Relações Públicas daquela época em revitalizar e legitimar a atividade, que foi, praticamente, sufocada durante 20 anos pelo regime militar.

Faz, portanto, 23 anos que a ABRP se preocupou em criar o Dia Nacional de Relações Públicas, convicta de que a comemoração desta data viria fortalecer a atividade, valorizá-la e dar-lhe a necessária visibilidade pública por meio de promoções oficiais que deveriam ser desenvolvidas pelas entidades a ela ligadas.

Viria ainda intensificar a união dos profissionais em torno de um objetivo comum – afirmar de maneira positiva a importância e o papel das relações públicas na construção de uma nova sociedade democrática.

O aceno ao retorno gradual, mas efetivo, do regime democrático deu novo ânimo às relações públicas, tanto pela expansão da atividade no meio acadêmico, como pela criação de consultorias e agências, que passaram a oferecer livremente às organizações os seus serviços. Desde esta época, a ABRP e os seus associados passaram a celebrar o dia dois de dezembro com orgulho e entusiasmo por meio de encontros, semanas, seminários e outros eventos.

A preocupação era somar forças, unir e não dispersar. Aproveitar a data para promover as relações públicas nas organizações e na sociedade como uma atividade capaz de contribuir, pela união e o trabalho de seus profissionais, para a consolidação da nova sociedade que surgia.

Para receber atualizações das matérias:
Digite seu e-mail:


FeedBurner-Google
Você receberá um e-mail de confirmação, é só seguir o link e confirmar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Analytics