03/08/11

BIOLOGIA - ANIMAIS - LEOPARDO - Felídeos - Panthera pardus

Os leopardos são os "grandes gatos", muito ágeis, como o leão (Panthera leo), o tigre (Panthera tigris) e a onça (Panthera onca). Habita quase toda a África (mais ao sul do Saara) e também a Ásia (do Irã à Manchúria) e nas Américas. Ocupa uma grande variedade de habitats e são de hábitos noturnos.

Características

Leopardo ou pantera, nome comum de um dos maiores membros da família dos Felídeos. Mamífero carnívoro, de corpo robusto, mede entre 90 cm de altura, 1,50 m de comprimento, sem incluir a cauda (1 metro de cauda). As patas são curtas em comparação ao corpo. Pesam cerca de 80 kg. Suas garras são anormalmente longas para os carnívoros. Muito afiadas, constituem, juntamente com os dentes, perigosas armas de ataque e defesa. Suas patas, de forte musculatura, podem, de um só golpe, estripar uma girafa ou um antílope. Como vive em ambientes muito diversos, a alimentação do leopardo é também muito variada. Mas, em geral, suas presas são animais de tamanho médio como antílopes, cervos, macacos e cães.

Classificação científica

Família - Felídeos
Ordem - Carnívoros
Espécie - Panthera pardus

Pelagem

É provido de uma pelagem densa de cor amarelada, salpicada de pintas escuras (manchas laranja, contornadas de preto) em forma de rosetas. O tamanho e a forma das manchas variam muito, de modo que não se encontra dois leopardos com a mesma pele.

Leopardo

Constante apenas é o brilho, o comprimento e a suavidade do pêlo, razão porque sua pele é tão cobiçada e custosa. Para salvar as subespécies mais ameaçadas, em alguns países da Europa tenta-se a reprodução. O leopardo é muito comum em zoológicos, e a maior parte das subespécies reproduz-se bem em cativeiro. Podem ser observados indivíduos completamente negros.

Pantera Negra

A pantera negra (Panthera pardus melas) vive nas selvas quentes da Malásia, Sumatra e Assa, e na Etiópia. Existe a pantera negra cujo pêlo, inteiramente preto, é muito apreciado. Essas panteras (ou leopardo negro) são os leopardos melânicos, que sofreram melanismo (fenômeno oposto ao albinismo), e são relativamente comuns em regiões florestais.

Parentesco

Na Índia, há muitas histórias sobre a crueldade do leopardo, porém, nem todas imaginárias: quando invade uma zona habitada, o leopardo espalha o terror, atacando indistintamente pessoas e gado. Mas o leopardo é um animal belo. Seus movimentos são graciosos: o modo de caminhar é harmonioso e o olhar fascinante. É parente próximo da onça-pintada, tanto que as únicas diferenças são que o leopardo tem um porte um pouco menor e apresenta pintas formadas por manchas circulares muito próximas. Na onça, ocorrem círculos com pontos dentro.

Gestação e filhote

O tempo de gestação é de 90 a 105 dias, nascendo de 2 a 4 filhotes. O filhote do leopardo têm o pêlo claro, quase bege e branco, e na fase em que está deixando de mamar, e ainda não aprendeu a caçar bem, um leopardo com fome devora até insetos.

Ágil e elástico

O leopardo salta, escala troncos e passa a maior parte do tempo no topo das árvores, descansando, dormindo ou comendo sua presa, em geral, prefere arrastá-las para lá, livrando-se, assim, da tarefa de dividi-las com os outros animais ou evitar a cobiça de predadores como o leão e a hiena, seus principais concorrentes.
Ele mergulha e nada; sobre pedras soltas ou folhas secas, movimentam-se sem fazer ruído. De repente, salta no ar e cai a metros de distância, sobre sua vítima. Ataca mamíferos, com exceção dos demais felídeos, bem como qualquer criatura bem mais fraca do que ele. Prefere áreas cobertas de arbustos.


Para receber atualizações das matérias:
Digite seu e-mail:


FeedBurner
Você receberá um e-mail de confirmação, é só seguir o link e confirmar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Analytics