15/07/11

RELAÇÕES PÚBLICAS DIA INTERAMERICANO - 26 DE SETEMBRO

.
Em outubro de 1963, durante a presidência de Ney Peixoto do Vale (Brasil), na IV Reunião do Conselho Diretor celebrada no Rio de Janeiro se define o seguinte conceito de Relações Públicas:

Dia Interamericano das Relações Públicas

"Relações Públicas são uma disciplina sócio-técnico-administrativa mediante a qual se analisa e avalia a opinião e atitude do público e se leva a cabo um programa de ação planificado, contínuo e de comunicação recíproca, baseado no interesse da comunidade, destinado a manter uma afinidade e entendimento proveitoso com o público".

Esta noção é básica e universal, vigente em sua essência e modificada pelos avanços e investigações, só com o propósito de crescer e nunca com ânimo de desvirtuar a visão original.

As relações públicas na América Latina apresentavam, durante os anos 50, uma importante demanda de conhecimentos e exigências. As empresas começaram a adotar medidas para preparar diretores que soubessem relacionar-se com seus públicos numa sociedade cada vez mais complexa. A função de Relações Públicas começa a tomar protagonismo e a requerer maior atendimento por parte das Universidades e dos profissionais. Começam a surgir associações profissionais nas diferentes cidades da América para promover e retroalimentar a atividade que começa a enfrentar novos e constantes desafios.

Em 1960, no México, o pioneiro e destacado membro no âmbito das comunicações corporativas, Dom Federico Sánchez Fogarty vislumbra a necessidade de uma instituição que reúna a todas as Associações, Conselhos e Colégios profissionais do continente americano para formular respostas aos novos paradigmas comunicacionais , regular um exercício cabal da profissão e colaborar com o desenvolvimento das nações.

Convoca com esse fim a todas as instituições do continente e o 26 de setembro desse mesmo ano, na cidade de México, é fundada a Federação Interamericana de Relações Públicas (FIARP), com a presença dos países assistentes: Brasil (Paulo Einhom), Chile (Angel C.Sanlueza), Colômbia (Dr. Andrés Samper), Cuba (Dr. Arnaldo Sehwerert Ferrer), Estados Unidos mediante a American Public Relations Association (Louis García) e a Public Relations Society of América (Kenneth Youel), Panamá (Luis Raúl Fernández), Porto Rico (Ramón Casablanca) e Venezuela (Tery J. León). Posteriormente, neste dia foi instituído como “Dia Interamericano das Relações Públicas” e celebrado em todo o continente.

Na assembléia do ano 1966, durante uma nova presidência de Federico Sánchez Fogarty e com o impulso do destacado brasileiro Cândido Teobaldo de Souza Andrade e do colombiano Humberto López López se cria a Comissão Interamericana para o Ensino das Relações Públicas (CIPERP), conformada por um professor de cada país membro.

Em 1968 se cria em Colômbia o Centro Interamericano de Investigação e Documentação em Relações Públicas (CINIDREP). Este organismo -único naquele momento e dependente da CONFIARP- procura atingir o máximo nível na investigação profissional das Relações Públicas. Isto determinou que as Relações Públicas abandonassem uma visão reducionista da relação empresa/público e começassem a responder os principais problemas que tinham suas comunidades.

Cândido Teobaldo de Souza Andrade foi presidente da FIARP em 1973-74 e em seu mandato a Instituição se reuniu pela primeira vez nos Estados Unidos conjuntamente com a PRSA. Também propulsou a incorporação da Federação como membro consultor não governamental das Nações Unidas.


No ano 1979 sua influência foi decisiva para que a CONFIARP criasse o CIESURP (Centro Interamericano de Estudos Superiores em Relações Públicas e Opinião Pública), que teve como sede inicial a Universidade de Curitiba (Brasil), depois a Universidade de Londrina (Brasil) e, posteriormente, a Universidade San Martín de Porres de Lima (Peru).

A FIARP foi a denominação que teve a instituição desde 1960 até 1985, quando em Assunção do Paraguai, sob a presidência de Román Pérez Senac a então FIARP se converteu em CONFIARP (Confederação Interamericana de Relações Públicas).

No ano 1987 a CONFIARP recebe a distinção: “Mensageira da Paz”, outorgada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

São muitos os desafios que ainda enfrentam as Relações Públicas: as demandas atuais produzem uma diferença entre os requerimentos tecnológicos, a agilidade na comunicação mundial e a realidade dos países latinoamericanos.


Para receber atualizações das matérias:
Digite seu e-mail:


FeedBurner
Você receberá um e-mail de confirmação, é só seguir o link e confirmar.


.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Analytics