17/07/11

ANIVERSÁRIO DE SÃO LUIS DO MARANHÃO - 08 DE SETEMBRO - HISTÓRIA, DADOS, DENSIDADE, TURISMO

.
História de São Luis

Foram os franceses que fundaram São Luís, em 1612, e o nome escolhido é uma homenagem ao Rei de França Luís XIII. Os portugueses a recuperaram três anos depois - 1615 - para, em 1641, ser tomada pelos holandeses, que dominaram a cidade por um período de três anos.

Seu desenvolvimento se deu pela cultura do algodão, já no século XVIII. Cultura, no entanto, que se tornou economicamente dependente da mão-de-obra escrava.De qualquer forma, foi a lavoura canavieira que manteve esse crescimento no século XIX.

São Luis Maranhão

Depois, com a abolição da escravatura, a economia recebeu um golpe, entrando numa fase de decadência, que só veio a ser superada na década de 30.

A construção da Ferrovia e do Porto de Ponta da Madeira, na baía de São Marcos, na década de 80, impulsionou a cidade, que passou a exportar o minério de ferro da Serra dos Carajás, no Pará.

Esse crescimento, por sua vez, ocasionou uma migração do interior para a capital, estimulando o aparecimento de favelas.

O destaque de São Luís fica por conta de suas casas em estilo colonial com azulejos portugueses formando lindos painéis.

Dados da Cidade

=> Ano de fundação: 1612
=> Única capital do país que foi francesa, holandesa e portuguesa, São Luís é o terceiro centro mais denso de povoamento de origem negra no Brasil.
=> Patrimônio da Humanidade.
=> Área territorial: 827 km2
=> População estimada - 2003: 923.526 habitantes
=> Economia: comércio e prestação de serviços
=> Estabelecimentos de saúde: 172

Ruas e lugares de destaque

São Luis Maranhão - Museu Histórico

=> Museu Histórico e Artístico do Maranhão (Solar Gomes de Souza) - Solar construído em 1836 e que, segundo reza a tradição, foi lugar de leituras e ensaios de trabalhos dos jovens Arthur e Aluízio Azevedo. Passou a ser museu em 1973.
=> Praia Ponta D'areia - praia mais popular de São Luís, onde se encontram as ruínas do Forte Santo Antônio, construído no século XVII.
=> Rua do Giz - ao longo de suas escadas e ladeiras, estão inúmeros sobrados.
=> Beco Catarina Mina - o nome do beco é uma homenagem à negra Catarina Rosa de Jesus Ferreira, negra bonita e inteligente, que fez fortuna e era conhecia pela sua insinuante meiguice, com a qual enfeitiçava os homens ricos da Praia Grande.
=> Bairro de Praia Grande - antigo bairro comercial datado de 1789, hoje é uma área de lazer, onde costumam acontecer manifestações artísticas e culturais.

Folclore da cidade

Bumba-Meu-Boi - o Bumba-Meu-Boi existe em diversas regiões do Brasil, mas especialmente no Maranhão herdou três "tonalidades": enredo branco, ritmo negro e dança indígena. Diversão que acontece junto com os festejos juninos, o Bumba-Meu-Boi é um auto popular que conta a história de uma escrava, Catirina, que fez o seu nego Chico matar o boi mais bonito da fazenda para satisfazer o seu desejo de grávida de comer língua de boi.

Quando o fazendeiro descobre o ocorrido, ordena que um índio vá ao encalço do nego que, uma vez capturado, é levado a se explicar ao Amo. Esta parte - dizem - é a mais engraçada da comédia. Depois vem a parte que eles chamam um doutor para ressuscitar o boi, numa cena que ironiza a medicina. No final, quando o boi ressuscita e o nego Chico é perdoado, começa a festa, com muita alegria, onde os personagens e os espectadores da peça se juntam numa mesma animação.

(IBGE)

São Luiz - Praia Ponta D'areia
 


Para receber atualizações das matérias:
Digite seu e-mail:


FeedBurner
Você receberá um e-mail de confirmação, é só seguir o link e confirmar.


.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Analytics